Clareador Dental para uso em consultório.

Peróxido de Hidrogênio 35%.

DSP White Clinic 35% H2O2 é um sistema de clareamento dental profissional à base de Peróxido de Hidrogênio 35% para clareamento de dentes vitais e não-vitais, de uso exclusivo em consultório odontológico. E deve sempre ser utilizado com um eficiente sistema de isolamento para a proteção gengival (DSP Dam barreira gengival fotopolimerizável). 

Após a mistura homogênea das duas fases formam um gel à base de Peróxido de Hidrogênio a 35%, com pH na faixa 6.0 a 7.0, sendo que, considerado um pH neutro para evitar e diminuir efeitos na estrutura dental e que contém agentes dessensibilizantes em sua fórmula que maximizam o conforto do paciente.

• Excelente viscosidade.
• Alto grau de clareamento.
• Efetividade comprovada.
• Possui pH neutro e estável ao longo da aplicação.
• Apresentação em duas fases: Peróxido e Espessante.
Permite que o produto seja manipulado apenas na quantidade
necessária para um dente ou uma faixa do dente.
• Pode ser utilizado com ou sem fonte de luz.
• Indicado para dentes vitais e não vitais.

DSP White é testada e aprovada por especialistas.

Tire suas dúvidas

A ação dos agentes clareadores está relacionada com sua penetração nas estruturas dentárias (esmalte e dentina) reagindo com as moléculas pigmentadas, oxidando-as e tornando-as mais simples e menos pigmentadas, fazendo com que os pigmentos incorporados aos tecidos sejam total ou parcialmente eliminados da estrutura dental.

O mecanismo de ação deste gel é uma reação de oxidação, que produz radicais livres. O oxigênio que se origina do peróxido penetra na estrutura dental e quebra o pigmento que escurece o dente (formado por grandes cadeias de carbono) em cadeias menores e mais claras.

Durante o clareamento, essas cadeias de carbono são transformadas em dióxido de carbono (CO2) e água (H2O), que são liberadas junto com o oxigênio para fora do dente.

1º Passo: Selecione e registre a cor dos dentes do paciente através de uma escala de cores e/ ou fotografia antes de iniciar o clareamento.

2º Passo: Faça o isolamento relativo com DSP Dam (barreira gengival fotopolimerizável) cobrindo a gengiva marginal e as papilas com uma camada de 3 a 5 mm de largura e máximo 1 mm de espessura. A barreira gengival deverá cobrir aproximadamente 0,5 a 1 mm da superfície dental.

Observações: Utilize um espelho clínico olhando de incisal para cervical e observe se há tecido gengival descoberto. Caso haja faça a correção. Esta etapa é crucial para que se evite contato do Peróxido de Hidrogênio com a gengiva. Utilize um afastador labial para facilitar a aplicação da barreira da gengival e também do clareador.

3º Passo: Polimerize a barreira gengival fotopolimerizável DSP Dam utilizando 20 a 30 segundos de fotopolimerização para cada grupo de 3 a 4 dentes. A barreira gengival que se forma é rígido e insolúvel, prevenindo eventual irritação por produtos agressivos.

4º Passo: Utilizando a placa de mistura que acompanha o kit, misture a fase Peróxido (fase 1) com a fase Espessante (fase 2) na proporção de 3 gotas de Peróxido para 1 gota de Espessante. A mistura de 3 gotas de Peróxido para 1 gota de Espessante é suficiente para uma aplicação em um dente. Para linha de sorriso (10 dentes) geralmente 18 gotas de peróxido para 6 gotas de Espessante são suficientes. Agite vigorosamente o frasco de Espessante antes de utilizá-lo.

5º Passo: Com o auxílio de um pincel ou espátula cubra totalmente a superfície vestibular dos dentes a serem clareados, incluindo as interproximais e estenda um pouco nas faces incisal e oclusal. A camada de gel deverá ter entre 0.5 e 1mm de espessura. Caso se queira utilizar um equipamento para acelerar o processo inicie a aplicação de luz logo após a aplicação do gel.

Observações: Para cada equipamento há um protocolo específico de tempo de exposição a luz. Siga as instruções do fabricante. Considerando-se um fotopolimerizador, recomenda-se aplicar sua luz durante 40 segundos sobre cada dente alternadamente (geralmente se trabalha de pré-molares a pré-molares), mantendo-se a uma distância de 5 a 10mm da superfície do gel. Para cada aplicação de gel procure fazer duas passadas de luz. 6º Passo: Cada aplicação do gel deve ter a duração de 10 a 15 minutos. Com o auxílio de um pincel ou microaplicador movimente o gel sobre os dentes três a quatro vezes para liberar eventuais bolhas de oxigênio geradas e renovar o melhor contato possível do gel com os dentes.

7º Passo: Ao final do tempo recomendado, sugue o gel sobre os dentes com uma cânula aspiradora e limpe-os com uma gaze para deixá-los prontos para receber nova porção de gel. Repita as etapas 4 a 6 por até mais duas vezes na mesma sessão, se necessário conforme a evolução dos resultados e monitoramento da sensibilidade do paciente.

8º Passo: Remover a barreira gengival destacando-a para frente.

9º Passo: Aplique o Dessensibilizante DSP Desensitiser 2% NaF por 10 minutos e em seguida faça o polimento dos dentes com pasta de polimento diamanta DSP Diamond Polishing.Confira o aspecto final após o tratamento. Faça um comparativo com foto inicia e final.

Observações: Monitore o paciente ao longo de todo o clareamento com relação a sensibilidade dental e possíveis pontos de irritação por peróxido. Caso haja algum destes casos, interrompa o processo e faça uma verificação e intervenção (veja comentários na seção de Precauções e Efeitos Colaterais). Se o clareamento obtido não atender à expectativa e se o paciente não apresentar sensibilidade ou outra contra indicação, a reaplicação do produto pode ser feita por até mais duas sessões. No caso de mais de uma sessão ser necessária, deve ser dado um intervalo mínimo de 7 dias entre sessões.

Antes de iniciar o clareamento radiografe o dente a ser clareado para a verificação de suas condições. O tratamento deve estar dentro dos padrões endodônticos aceitáveis.

1º Passo: Selecione e registre a cor dos dentes do paciente através de uma escala de cores ou fotografia antes de iniciar o clareamento.

2º Passo: Faça uma boa abertura coronária removendo restaurações presentes, dentina cariada, etc. Com a câmara pulpar limpa aprofunde a entrada do conduto removendo aproximadamente 3mm de obturação para a confecção do selamento do canal (o selamento impede a difusão do agente clareador para a região de cemento e periodonto. Recomenda-se que o selamento do canal seja feito com ionômero de vidro em uma espessura mínima de 2mm para um melhor vedamento).

3º Passo: Faça o isolamento dos dentes com a barreira gengival fotopolimerizável DSP Dam e misture as fases do clareador DSP White Clinic 35% H2O2 na proporção de 3 gotas da fase 1 (peróxido) para 1 gota da fase 2 (espessante). Agite vigorosamente o frasco de Espessante antes de utilizá-lo.

4º Passo: Aplique DSP White Clinic 35% H2O2 na face vestibular e dentro da câmara pulpar com auxílio de um pincel. Uma camada de aproximadamente 1mm de espessura é o suficiente.

5º Passo: Caso se queira utilizar um equipamento para acelerar o processo inicie a aplicação de luz logo após a aplicação do gel.
dsfdsg IFU 0.5000 – Rev.00
DSP White Clinic

Agentes Clareadores Dentais
Para cada equipamento há um protocolo específico de tempo de exposição de luz. Siga as instruções do fabricante. Considerando-se um fotopolimerizador, recomenda-se aplicar sua luz durante 40 segundos sobre o dente por vestibular e 40 segundos por palatino ou lingual. Aguarde 5 minutos e aplique a luz novamente. Deixe o gel agir pelo tempo necessário para completar 15 minutos a partir do início da aplicação.

6º Passo: Remova o gel utilizando cânula aspiração antes de reaplicar o produto. Podem ser feitas, numa mesma sessão, até três aplicações de gel. Após a finalização das aplicações do agente clareador lave e seque o dente. Restaure provisoriamente a cavidade e acompanhe o resultado de clareamento por, pelo menos, uma semana. Se necessário, repita as aplicações por até 4 vezes.

Observações: O dente não-vital restaurado provisoriamente apresenta a coroa fragilizada pela ausência de estrutura dental em seu interior. Instrua o paciente para que tome o devido cuidado de não fraturar a coroa do dente fragilizado. Após a remoção do DSP White Clinic 35% H2O2, pode-se utilizar o clareador DSP White Endo Gel(Peróxido de Carbamida a 35% para uso interno) e continuar o clareamento do dente durante o período de intervalo entre as sessões com DSP White Clinic 35% H2O2(para utilização do clareador DSP White Endo Gel veja suas instruções de uso específicas).

7º Passo: Ao final de todo o processo de clareamento restaure definitivamente o dente clareado. Recomenda-se aguardar um mínimo de 7 dias antes de fazer a restauração (tempo para a estabilização da cor do dente e eliminação do oxigênio residual). Confira o aspecto final após o tratamento. Faça um comparativo com foto inicia e final.

A manipulação do produto deve ser realizada exclusivamente no consultório odontológico.

Usar luvas durante o procedimento.

Usar óculos de proteção no paciente e no profissional. . Proteger os lábios com isolantes como vaselina ou similar.

O conteúdo dos frascos com peróxido pode estar sobre pressão e/ou pode ter vazado devido a condições adversas de estocagem.

Antes de abrir a embalagem proteja suas mãos e olhos e observe se não há líquido vazado em seu interior.

Evitar o contato do produto com pele, mucosas ou roupas. Não ingerir o produto.

Em caso de contato acidental com a pele ou mucosa intra-oral, deve-se limpar a região com água em abundância. Nesses casos, a ação do gel clareador pode ser neutralizada cobrindo-se a área afetada com algumas gotas da solução de NEUTRALIZANTE.

Em caso de contato acidental com os olhos, lavar imediatamente com água em abundância e procurar um médico. . Sobras ou resíduos dos materiais usados não devem ser reaproveitados.

Para acessar a bula (IFU) acesse dspbiomedical.com/ifu ou clique no botão abaixo e digite o código 0.5000